1071

Prefeitura Municipal de Itapitanga

Pular para o conteúdo

Programas

Nesta seção o cidadão encontra à implementação, acompanhamento e resultados dos programas, projetos e ações dos órgãos e entidades públicas, bem como metas e indicadores propostos

Utilize o(s) campo(s) abaixo para pesquisar

Foram encontrados 32 resultados para a pesquisa.

PAIF - SERVIÇO DE ATENÇÃO INTEGRAL A FAMILIA

Número: 6

Responsável: Secretaria de Assistência Social

Descrição: Consiste no trabalho social com famílias, de caráter continuado, com a finalidade de fortalecer a função protetiva da família, prevenir a ruptura de seus vínculos, promover seu acesso e usufruto de direitos e contribuir na melhoria de sua qualidade de vida. Prevê o desenvolvimento de potencialidades e aquisições das famílias e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, por meio de ações de caráter preventivo, protetivo e proativo. O serviço PAIF integra o nível de proteção social básica do SUAS. (Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais).

Metas: Ofertar ações socioassistenciais de prestação continuada, por meio do trabalho social com famílias em situação de vulnerabilidade social e tem como objetivos: - Fortalecer a função protetiva da família, contribuindo na melhoria da sua qualidade de vida; - Prevenir a ruptura dos vínculos familiares e comunitários, possibilitando a superação de situações de fragilidade social vivenciadas; - Promover aquisições sociais e materiais às famílias, potencializando o protagonismo e a autonomia das famílias e comunidades; - Promover o acesso a benefícios, programas de transferência de renda e serviços socioassistenciais, contribuindo para a inserção das famílias na rede de proteção social de assistência social; - Promover acesso aos demais serviços setoriais, contribuindo para o usufruto de direitos; - Apoiar famílias que possuem, dentre seus membros, indivíduos que necessitam de cuidados, por meio da promoção de espaços coletivos de escuta e troca de vivências familiares.

Indicadores: Atualizando...

Resultados: A articulação dos serviços socioassistenciais do território com o PAIF garante o desenvolvimento do trabalho social com as famílias dos usuários desses serviços, permitindo identificar suas demandas e potencialidades dentro da perspectiva familiar, rompendo com o atendimento segmentado e descontextualizado das situações de vulnerabilidade social vivenciadas.

Informações Adicionais: Ofertar ações socioassistenciais de prestação continuada, por meio do trabalho social com famílias em situação de vulnerabilidade social e tem como objetivos: - Fortalecer a função protetiva da família, contribuindo na melhoria da sua qualidade de vida; - Prevenir a ruptura dos vínculos familiares e comunitários, possibilitando a superação de situações de fragilidade social vivenciadas; - Promover aquisições sociais e materiais às famílias, potencializando o protagonismo e a autonomia das famílias e comunidades; - Promover o acesso a benefícios, programas de transferência de renda e serviços socioassistenciais, contribuindo para a inserção das famílias na rede de proteção social de assistência social; - Promover acesso aos demais serviços setoriais, contribuindo para o usufruto de direitos; - Apoiar famílias que possuem, dentre seus membros, indivíduos que necessitam de cuidados, por meio da promoção de espaços coletivos de escuta e troca de vivências familiares. Quais as ações que compõem o PAIF? Podem ser de caráter individual ou coletivo. - Acolhida; - Oficinas com famílias; - Ações comunitárias; - Ações particularizadas; - Encaminhamentos.

CRAS - CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

Número: 7

Responsável: Secretaria de Assistência Social

Descrição: O CRAS é uma unidade pública estatal descentralizada da política de assistência social sendo responsável pela organização e oferta dos serviços socioassistenciais da Proteção Social Básica do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) nas áreas de vulnerabilidade e risco social dos municípios e DF.

Metas: Ofertar o serviço PAIF e outros serviços, programas e projetos socioassistenciais de proteção social básica, para as famílias, seus membros e indivíduos em situação de vulnerabilidade social; - Articular e fortalecer a rede de Proteção Social Básica local; - Prevenir as situações de risco em seu território de abrangência fortalecendo vínculos familiares e comunitários e garantindo direitos.

Indicadores: Atualizando...

Resultados: Promove o acompanhamento das famílias residentes nos territórios de maior vulnerabilidade social, priorizando os beneficiários do Programa Bolsa Família - PBF, buscando superar situações que levam à violação de direitos no interior da família, de suas relações familiares e comunitárias. Onde se ressalta a ampliação do direito à proteção social básica, prevenindo situação de exclusão social.

Informações Adicionais: PROTEÇÃO SOCIAL BASICA: - PAIF - PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A FAMÍLIA - SCFV - SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VINCULO - INCLUSÃO PRODUTIVA - BUSCA ATIVA - PASSE LIVRE

CARTEIRA DO IDOSO

Número: 8

Responsável: Secretaria de Assistência Social

Descrição: A Carteira do Idoso é o documento que garante à pessoa idosa acesso a passagens interestaduais nos transportes rodoviário, ferroviário e aquaviário gratuitas ou com desconto de, no mínimo, 50%, de acordo com o Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/03).

Metas: A Carteira do Idoso é o instrumento de comprovação para que o idoso tenha acesso gratuito ou desconto de, no mínimo, 50% no valor das passagens interestaduais, de acordo com o Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/03). A carteira deve ser gerada apenas para as pessoas acima de 60 anos, que não tenham como comprovar renda individual de até dois salários mínimos. Para emitir sua carteira, o idoso deve procurar a Secretaria de Assistência Social de seu município. Lá, ele irá inscrever-se no Cadastro Único e receberá o Número de Identificação Social (NIS). Com esse número, a Secretaria poderá solicitar a carteira por meio do sistema Carteiro do Idoso. Caso o idoso já tenha seus dados no Cadastro Único, o CRAS irá verificar o NIS existente e solicitar a carteirinha a partir dele, também no sistema. A Carteira do Idoso traz informações de identificação do idoso e do município em que ele mora e o Número de Identificação Social (NIS), além da foto. O benefício da gratuidade e o desconto no valor das passagens interestaduais aos idosos nos transportes rodoviário, ferroviário e aquaviário é um direito assegurado pelo Estatuto do Idoso, de 2003. Atualmente, os idosos com comprovante de renda já têm acesso a descontos ou gratuidade em viagens interestaduais.

Indicadores: Já foram feitas mais de 500 impressões da Carteira do Idoso no Município de Itapitanga.

Resultados: Desde a implantação no Município foram feitos varias buscas e procura espontaneamente para o acesso ao passe livre, que levou aquele cidadã que dele necessita a uma liberdade antes nunca sentida e o prazer de viajar seja pra rever seus familiares ou outros assuntos particulares.

Informações Adicionais: Para ter acesso a Carteira do Idoso, o idoso deverá procurar o Setor do Bolsa Família de seu município. Lá, ele será inscrito no Cadastro Único e receberá o Número de Identificação Social (NIS). Com esse numero, o idoso poderá solicitar a carteira por meio do sistema Carteira do Idoso.

PROJETOS DIAS DAS MÃES (SEDE E DISTRITO) 2014

Número: 9

Responsável: Secretaria de Assistência Social

Descrição: Um dia de lazer onde são desenvolvidas oficinas, palestra, brincadeiras com muita alegria e claro um dia de beleza para todas as mães envolvidas na sede e no distrito.

Metas: As datas festivas são momentos em que comemoramos algo específico. O espírito de comemorar une e integra as pessoas num mesmo propósito: vivenciar e compartilhar a alegria do que é celebrado. Partindo do princípio de que a grande maioria dos adolescentes assistidos pelo SCFV ? Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos vivem diversos problemas familiares de ordem social e psicológica, o que resulta em distanciamentos ou mesmo desentendimentos entre os membros da família, é fundamental que se crie e proporcione momentos de celebração, reflexão e exaltação dos valores familiares como forma de reintegrá-los num convívio harmônico e ideal. O Dia das Mães é de grande importância pedagógica e de conscientização para os adolescentes e suas famílias, pois é um momento de trabalhar os valores da família, despertando os sentimentos de amor e de superação dos obstáculos que dificultam a relação familiar, tão bem expressados nas músicas, nas danças, nos jograis e teatro apresentados por eles.

Indicadores: 190 mães envolvidas.

Resultados: - Sensibilizar pais e filhos para a importância de se manter laços familiares fortes e sólidos; - Despertar nas crianças e adolescentes os talentos e potencialidades natos expressados na dança, no teatro e na música; - Mostrar aos pais, através da arte, os valores e capacidades que os filhos possuem; - Proporcionar as mães e filhos um momento de confraternização e alegria.

Informações Adicionais: PÚBLICO ALVO: - Mães das crianças e adolescentes do SCFV; - Mães da Escolinha Sonho de Craque; - Mães do Grupo da Melhor Idade - Mães do Coral Centro do Viver; ESTIMATIVA DE PÚBLICO: -200 pessoas.

PROJETOS DIA DOS PAIS CAFUNDÓ (DISTRITO) 2013

Número: 10

Responsável: Secretaria de Assistência Social

Descrição: Celebrar o Dia dos Pais, considerando o nosso trabalho com os filhos, como mediador das diferenças com as quais as crianças, jovens e adolescentes convivem, de modo a instrumentalizá-los em suas ações sociais.

Metas: - Levar o jovem a demonstrar sua gratidão ao papai, homenageando-o com respeito e ternura. - Descrever a figura do pai como bom companheiro. - Desenvolver interesse em colaborar com a família; - Compreender a importância de viver harmoniosamente no lar.

Indicadores: Atualizando...

Resultados: 58 pais atendidas

Informações Adicionais: PÚBLICO ALVO Pais dos Projovens Adolescentes, Pais das crianças da Escolinha do CRAS e esposos do Grupo da Melhor Idade Centro do Viver e equipe do SAS e CRAS.



Total de 5 registos por página